A pandemia deixou você sem emprego? Descubra como recomeçar sendo um freelancer.

Freelancer

A idéia de ser freelancer sempre foi muito associada a uma alternativa quando se está desempregado ou uma segunda fonte de renda.

Aos poucos essa visão foi mudando e ser um freelancer, ou seja, prestar serviços pontuais para um ou mais clientes, passou também a ser um desejo de quem busca mais autonomia no seu trabalho.

Aí veio a pandemia. Além do desemprego, o isolamento social fez a oferta e a procura de vendas e serviços online crescerem. Se você, assim como outros 1 milhão de brasileiros, ficou sem emprego e precisa repensar sua vida, ser um freelancer pode ser uma boa alternativa.

Se você está desempregado, precisa reinventar seu negócio, ou mesmo já pensava em mudar seu rítimo de trabalho, siga estas dicas e descubra como consquistar seu espaço no meio freela.

5 dicas para começar como freelancer

Escolha uma especialidade e se qualifique

Você pode já desenvolver um trabalho específico ou querer buscar uma nova especialidade. Em qualquer uma das situações você precisará se qualificar, se atualizar. Vale então:

• Fazer cursos on-line (pagos ou gratuitos);

• Reunir material informativo (e-books, apostilas, vídeos);

• Treinar suas habilidades.

Defina serviços e preços

No primeiro momento, é possível que você se sinta tentado a oferecer preços mais baixos. Mas lembre daquele ditado: “quando a esmola é demais o santo desconfia”.

Ou naquela máxima: o barato pode sair caro.

Nesse caso, o melhor é fazer uma pesquisa e determinar o preço do seu serviço, dentro da média do mercado, para evitar de gerar desconfiança quanto a qualidade.

Planeje sua vida financeira

Essa parece uma dica difícil, especialmente para quem está desempregado. Porém, quanto menos recursos você tem, melhor tem que ser planejado o seu uso.

Tenha em mente a sua meta e defina bem suas prioridades para evitar gastos desnecessários nessa fase de adaptação.

Monte seu portfólio

Seu trabalho precisa ser visto para ser reconhecido. É importante ter demonstrativos para apresentar ao seu possível cliente. Independente da sua especialidade, você pode:

• Criar um blog/ portfólio online (existem muitas opções gratuitas);

• Perfis em redes sociais;

• Apresentação fotográfica

• Catálogo de serviços

Conheça as plataformas de freelancer

Um excelente espaço tanto para divulgar serviços, quanto para encontrar demandas do cliente são as plataformas de oferta e procura, ou sites freelancer. Esses são espaços que tem crescido cada dia mais.

O FreelaWeb.com.br é uma dessas plataformas. Nela, mesmo sem experiência, você pode iniciar oferecendo seus serviços, conquistar clientes, enriquecer seu porfólio e ganhar cada vez mais espaço no mercado freela.

 

Faonte: Administradores.com

Curte e comenta
error

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *