Como se preparar para a carreira freelancer

Freelancer

O tema deste artigo é de extremo valor para designers que hoje estão decidindo mudar de um emprego CLT para trabalhar para si.

Mas antes de começarmos, por que ser freelancer?

Vantagens

Muitas pessoas, sobretudo no momento pandêmico que estamos vivendo, encontram no trabalho freelancer uma forma de resistir à crise.

Mas além disso, uma forma de aumentar sua renda, ter maior flexibilidade, autonomia e poder escolher seus clientes.

Para quem trabalha ou já trabalhou em agência, não poder escolher os clientes é uma enorme pedra no sapato.

Gerenciar as expectativas que você não criou e lidar com pessoas que não necessariamente estão desenvolvendo um projeto contigo por curtir o seu estilo e forma de pensar é muito complexo.

Pois essas circunstâncias podem acarretar em refações e fazer você mesmo duvidar da qualidade da sua entrega.

Desvantagens

Todas as vantagens em trabalhar como freelancer podem ser uma desvantagem, dependendo do ponto de vista.

Assim como ter flexibilidade de horário pode ser algo positivo, para pessoas que não exercitam a disciplina, pode ser o maior terror de todos.

Autonomia é algo bom para pessoas que conseguem gerir a própria carreira e entendem como aumentar seus rendimentos e produtividade, mas o contrário não.

Se por um lado a possibilidade de aumentar os lucros é uma vantagem, para quem trabalha como freelancer a proporcionalidade pode ser uma desvantagem.

Pois dessa vez, diferente do que acontece no trabalho CLT, se você opta por não dar o melhor de si, a recompensa também é menor.

Se você decide não agir, nada acontece. Salvo alguns casos com alto nível de privilégio…

Habilidades necessárias

Mas para ser um freelancer de sucesso (viver do seu trabalho sem apertos) é necessário desenvolver e exercitar uma série de habilidades.

Na minha opinião, são 4 habilidades cruciais.

  • Gestão
  • Disciplina
  • Motivação
  • Foco

Gestão

A gestão é um dos itens mais importantes, pois além de precisar gerir o seu tempo, você precisa gerir o dinheiro e suas tarefas.

Trabalhando em uma empresa, estúdio ou agência, existem setores que são responsáveis por assumir essas responsabilidades, mas trabalhando por si só, você tem que ser 1001 utilidades.

Disciplina

Não é surpresa pra ninguém que exercitar a disciplina é uma habilidade necessária para trabalhar como freelancer.

E disciplina não é algo que você nasce com. Ela se desenvolve, exercita.

Pessoas que, normalmente, não têm disciplina são pessoas que nunca precisaram exercitá-la.

O ambiente ao redor nunca exigiu que ela trabalhasse essa característica, e mesmo sem possuir, não havia consequências sobre isso.

Mas deixa eu te contar uma coisa: quando você tomar a decisão de trabalhar como freelancer, a disciplina vai ser sua melhor amiga.

Ser disciplinado e disciplinada vai garantir que você fará as coisas que precisam ser feitas, quando elas precisarem ser feitas.

E casada com a motivação, não existirá algo que possa te segurar.

Foco

Volta e meia, lá no meu Instagram, eu costumo falar sobre procrastinação e como condicionar seu cérebro a fazer o que precisa ser feito.

O foco tem muito a ver com isso, pois não adianta fazer tudo, a sequência de tarefas precisam estar dispostas em ordem de prioridade, e ter consistência nessa prática é um grande desafio.

Existem coisas que muita gente não imagina mas impacta diretamente no foco, como por exemplo a organização.

Se organizar financeiramente

Se hoje você trabalha em alguma empresa e quer começar a vida de freelancer, se organizar financeiramente, com certeza, é o seu principal desafio.

Mesmo se você hoje já trabalha como freelancer, eu entendo o quanto pode ser difícil manter as finanças sob controle.

E você precisa entender uma coisa, existe uma máxima do Marketing que diz: apenas o que é medido pode ser melhorado.

Pergunte-se o seguinte: é possível consertar algo que você não sabe que está quebrado?

O erro muito comum, não somente de designers freelancers mas de toda a área criativa é não se envolver com números por conta de algum trauma do ensino médio.

Segura essa dica, e se você permitir, eu acredito que ela vai mudar complemente a sua vida: nunca ignore os números pois eles sempre dizem a verdade.

Para se organizar financeiramente, independente de você ter interesse em trabalhar como freelancer ou já ser esse profissional, é necessário entender seu balanço financeiro.

Em outras palavras, você tem que ter na ponta do lápis quanto dinheiro entra e quanto dinheiro sai.

“Ah Éricles mas isso é chato!”

Sabe o que é chato também? Ficar estacionado financeiramente porque tem preguiça de exercitar a disciplina nas finanças.

Sei que pode ser uma mensagem dura, mas é pro seu bem!

Na prática

Para facilitar o seu trabalho, utilize algum aplicativo de gestão e controle financeiro.

Eu tive uma experiência com 3 deles, mas isso não é uma recomendação:

O importante mesmo é você ter um lugar onde colocar os seus gastos para que possa entendê-los, e se necessário estabelecer um limite de gastos.

Você vai separar entre despesas fixas e variáveis, e no segundo caso, vai sempre pensar: será que estes gastos estão sendo desnecessários?

Não estou falando para você viver uma vida de completas restrições, mas se você deseja ter sucesso com seu trabalho freelancer, é preciso cuidar bem do financeiro, se desfazendo de coisas que irão te prejudicar à médio e longo prazo.

Por fim, você vai reservar uma porcentagem da sua renda para investimentos.

Se você quer continuar evoluindo como profissional, é necessário manter o movimento crescente.

Faça isso através de livros, cursos e eventos presenciais (assim que voltarmos ao novo normal).

Conclusão

O tema deste artigo é extremamente valioso e eu precisaria de muito mais linhas para poder te explicar a forma como hoje eu penso sobre finanças.

E aqui está o seu presente, para acessar a planilha gratuitamente, clique aqui.

Se você achou esse conteúdo útil, compartilhe com seus amigos e amigas para quem esse conteúdo vai ser útil também.

Fonte: designerd/Éricles Batista

Curte e comenta
error

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *